16 de janeiro de 2008

Férias




Os ingleses chamam de vacation. Os franceses chamam de vacances. Os espanhóis chamam de vacaciones. Mas nós brasileiros (e antes os portugueses) chamamos de férias. Uma palavra mágica, diferente dos outros idiomas que apresentam o mesmo radical, e que significa muito para quem tem e para quem pode desfrutar!

A palavra férias vem do latim feriare e significa "período destinado ao descanso do trabalhador ou do estudante". Acredito que férias significa muito mais do que isso.

É quando percebemos o quanto produzimos durante todo um ano, que para alguns parece ter passado rápido, para outros, uma eternidade. É um período em que o corpo e a mente pedem - juntos - uma pausa. Precisamos nos recompor, recuperar o ânimo e a energia para voltar a velha rotina.

Para aqueles que não podem viajar, as férias podem servir para apenas relaxar, aproveitar um fim de tarde no calçadão, uma praia mais tranquila, um cinema mais vazio, um romance para ler, um papo furado sem hora para acabar e uma noitada durante a semana, quando se percebe quantos vagabundos existem na cidade. Aproveita-se também para resolver aquele problema pendente, um exame médico pra fazer, um armário para arrumar.

Mas para quem pode viajar, as férias se multiplicam em vários significados. Ah, o que são as viagens de férias? Não importa o lugar: se é longe ou perto, se é no exterior ou no próprio país, se é sozinho ou com família e amigos, se é verão ou é inverno, se é praia ou serra, se é cidade ou campo. O que importa é que você vai sair de sua casa, com malas prontas, passagens, roteiro, guia e uma vida para se aventurar!

Este deveria ser meu primeiro texto do ano. Mas não foi, porque comecei contando sobre minha primeira viagem da minha primeira férias depois de um ano ralando no meu primeiro emprego! Talvez seja por todo esse pioneirismo que estou curtindo tanto o significado da palavra Férias!

É claro que em tempo de escola, nada era mais prazeroso o período de férias, mas confesso que agora, podendo aproveitar melhor tudo que descrevi, sinto um prazer imensurável de ter férias, e o melhor, poder realizar um sonho antigo: viajar para bem longe! Conhecer novas terras, novos ares, culturas diferentes, pessoas diferentes, línguas diferentes! "Navegar é preciso, viver não é preciso", segundo Fernando Pessoa. Eu já prefiro: Viver é preciso e, se possível, navegando, voando ou qualquer que seja o meio de transporte!

Boas férias! Boa viagem!

4 comentários:

Leila Souza disse...

Hunf...
Férias!
Que pensamento maravilhoso... estou precisando tanto de férias... do trabalho, da rotina, da família (que amo muito, mas que é difícil)... férias até mesmo desta Leila do dia-a-dia.
Que inveja!
Beijos.

railer disse...

férias é mesmo muito bom!
lembro que quando comecei a trabalhar eu fiquei uns 3 anos sem férias... daí quando consegui tirar eu aproveitei pra realizar um sonho: sair do brasil! valeu muito a pena. viajar é muito bom! abraços

Leila Souza disse...

Coloquei um link para o Rascunho Passado a Limpo emmeu blog. Espero que não se importe.
Beijos.

Jujuba disse...

boas férias... na verdade, elas estão acabando... mas é para deixar registrado que vou querer ver as fotos!! heheheh beijinhos