10 de fevereiro de 2010

Rio 40 graus

Allah-lá-ô
Ô, ô, ô, ô, ô, ô
Mas que calor!
Ô, ô, ô, ô, ô, ô

O Rio nunca esteve tão quente o mês de fervereiro...
E a sensação térmica carioca (calcula-se essa equação levando em consideração a temperatura e a umidade do ar, que no Rio é demais!) passa dos 40 graus, chegando até 50 graus (pelo menos em dois dias passados).

Atravessamos o deserto
De Saara
O sol estava quente
Queimou a nossa cara.

Acontece que agora nem o Saara nos vence neste quesito.
Segundo a Organização Meteorológica Mundial, apenas uma estação (das 3.258 ligadas à Organização) apresenta sensação térmica superior à do Rio. E o tão famoso deserto do Saara registrava míseros 33 graus.

Allah-lá-ô
Ô, ô, ô, ô, ô, ô
Mas que calor!
Ô, ô, ô, ô, ô, ô

E é o corpo que sofre com isso. Além de insolação, sensação de tontura, ainda corre risco de cãimbras musculares e exaustão. Não há fôlego para nada, nem uma caminhada. Qualquer sombra de árvore vira oásis.

Viemos do Egito
E muitas vezes
Nós tivemos que rezar
Allah! Allah! Allah,

O jeito é entrar debaixo d´água, na fila do banco, no shopping, no táxi e qualquer buraco que tiver um ar condicionado.

Meu bom Allah
Mande água pra Ioiô
Mande água pra Iaiá,
Allah! Meu bom Allah!

Mas com todo esse calor, ainda prefiro o sol, a praia, a água de coco que as chuvas de São Paulo...
Ou a neve dos americanos.

Leia matéria do globonline

3 comentários:

Ju disse...

é, concordo, mas poderia ser uns 10 graus a menos!

Angélica disse...

O que vc tem contra São Paulo??? HUNF!

Brincadeira!!! Eu concordo em gênero, número e grau com você!

Apesar do calor infernal, infernal mesmo em todos os sentidos, abraço o capeta! Amo o Rio de Janeiro!

beijos!

railer disse...

tá quente mesmo...