5 de junho de 2009

Blog sem fio

O que acontece com duas mulheres “atormentadas”, trocando farpas, rancores, amores por um homem-menino-moleque?

O resultado disso são textos e revelações bombásticas de corações apunhalados, machucados por duas relações mal resolvidas.

Palco das disputas amorosas, dos desabafos e esculachos, o blog se mostrou a ferramenta mais apropriada para essa calorosa tensão pré-barraco. Lugar onde se pode soltar seus sentimentos mais primitivos, porque, afinal, é um espaço livre, público. Uma escreve, a outra acompanha. Até quando? Há uma provocação implícita para saber até quando a outra agüenta.

Será que teremos um ringue real, ou ficaremos no deboche virtual?

Vale lembrar que o rapaz já passou, e a briga agora não é por ele. Disputas de egos femininos feridos.

Não há mais romance no ar
Só restam histórias para contar
De mágoas que insistem ficar

7 comentários:

Júlia disse...

mistééééério!

railer disse...

quem faz isso, de ficar alfinetando os outros em blog, é porque não tem coragem suficiente para enfrentar a situação e conversar com a pessoa de forma decente, como adulto. acho isso lamentável.

Leticia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Leticia disse...

Concordo com o Railer. Acho uma atitude muito mais corajosa discutir olho no olho. Pelo menos eu ajo assim. Mas cada um tem uma forma de agir. Tem gente que prefere usar o blog para dizer "verdades inventadas". Fique tranquilo que tenho certeza que isso não vai passar do "deboche virtual". É fundamental dar importância ao que realmente tem importância e a tal "blogueira" é nada. Bjs

Gabi disse...

Felizes aqueles que possuem seu próprio Blog.

Júlia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Júlia disse...

aí zenti... o blog sem fio continua... menAs!

acho que não tem problema escrever... a internet é um lugar público.

Agora... se escreveu: assume, né?
,please